Encontro Regional de Matemática Aplicada e Computacional

4 a 6 de Abril de 2018
UFLA - Lavras/MG

Sobre o Evento

A Universidade Federal de Lavras está entre as melhores universidades do Brasil e conta atualmente com 35 cursos de graduação, 34 de mestrado e 23 de doutorado. Desde sua criação, a UFLA segue em desenvolvimento e expansão contínua para aprimoramento dos serviços prestados à sociedade.

O ERMAC, Encontro Regional de Matemática Aplicada e Computacional, é um evento da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC) que tem como objetivo congregar pesquisadores, estudantes e demais interessados em aplicações de conteúdos matemáticos nas mais diversas áreas de conhecimento. Essa será a primeira vez que o ERMAC será realizado na UFLA.


Programação

Confira os detalhes do evento
HoraQuarta-feira
(04/04/2018)
Quinta-feira
(05/04/2018)
Sexta-feira
(06/04/2018)
8hCredenciamentoMinicurso I/IIMinicurso I/II
9hAberturaMinicurso I/IIMinicurso I/II
10hCoffee-breakCoffee-breakCoffee-break
10h30Palestra IPalestra IIIPalestra VI
12hAlmoçoAlmoçoAlmoço
14hPalestra IIPalestra IVSessão Técnica II
15hSessão de Pôsteres ISessão de Pôsteres IIEncerramento e Cerimônia de
Premiação
15h30Coffee-break
16hCoffee-breakMesa Redonda
16h30Sessão Técnica IMesa Redonda
18hConfraternizaçãoMesa Redonda
19hPalestra V
20hMinicurso A

Palestras e Minicursos

EventoLocalPalestranteTítulo
Palestra ISalão de ConvençõesMarcelo Ângelo Cirillo - UFLAOtimização em experimentos de mistura com restrição na variância de predição
Palestra IISalão de ConvençõesLuiz Gonzaga de Castro Junior - UFLALavrasTEC
Palestra IIISalão de ConvençõesJosé Alberto Cuminato - USPCeMEAI - Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria
Palestra IVSalão de ConvençõesGeraldo Robson Mateus - UFMGLogística – Otimização Realidade e Desafios
Palestra VSalão de ConvençõesJussara de Loiola Araújo
Palestra VISalão de ConvençõesSandra Mara Cardoso Malta - LNCCA Modelagem Computacional de Problemas Ambientais
Minicurso IA definirFernanda Sumika Hojo de Souza - UFJSOtimização
Minicurso IIA definirJonas Laerte Ansoni - EESC/USPOpen-FOAM
Minicurso AA definirMaria Teresa Martins DiasEducação Matemática
Mesa RedondaA definirIntegração entre os problemas acadêmicos e industriais: desafios e parcerias dentro e fora da Universidade

Descrição

PalestraDescrição
A Modelagem Computacional de Problemas AmbientaisNesta palestra analisaremos, sob os pontos de vista matemático (análise qualitativa, por exemplo) e computacional (análise numérica), tipos de soluções para alguns problemas ambientais (controle de pragas, contaminação de águas subterrâneas, entre outros), tais como:
-aqueles descritos por equações diferenciais ordinárias relacionados às dinâmicas de crescimento populacionais (Lotka-Volterra, Presa-Predador e etc);
-e os modelados por equações diferenciais parciais do tipo parabólica (equação do Calor ou de Transporte) associados ao transporte de contaminantes ou a recuperação de reservatórios, por exemplo.
Mostraremos a influência da variação dos parâmetros dos modelos e das condições iniciais através de análises qualitativa e numérica. Além disso, será também analisada a estabilidade das metodologias empregadas. Desse modo, será possível interpretar os resultados obtidos comparando as análises com as simulações numéricas de casos de interesse.
Logística – Otimização Realidade e DesafiosA Logística tem evoluído desde a integração de problemas e técnicas clássicos aos desafios impostos pelos Sistemas Ciberfísicos. Sua relação com os modelos e técnicas de Pesquisa Operacional, Otimização e Simulação, sempre foi evidenciada. Alguns desses problemas clássicos em logística são avaliados quanto ao estado da arte em termos de modelos, algoritmos, dinamicidade, escalabilidade e aplicabilidade. Apesar de sua capacidade atual em fornecer soluções, as evoluções tecnológicas, metodológicas e de processos, geram grandes desafios e impõem uma busca ousada por novos modelos e algoritmos integrados a ambientes complexos, dinâmicos, de grandes dimensões e mobilidade. Neste novo contexto algumas áreas de aplicação podem ser explicitadas: produção, sequenciamento, distribuição, mineração, agricultura e pecuária e logística urbana.
Otimização em experimentos de mistura com restrição na variância de predição.Experimentos de mistura são frequentemente utilizados na área industrial, mais especificamente, tais experimentos determinam proporções ótimas de componentes a serem utilizados na composição de um produto. Contudo, problemas de natureza estatística poderão surgir devido ao efeito de multicolinearidade ou restrição nas variáveis, assim, esse seminário tem por objetivo apresentar novas metodologias que permitirão contemplar esses efeitos. Em síntese será apresentado, o desenvolvimento matemático em um espaço simplex e aplicações em experimentos reais voltados a indústria.

Palestrantes

Fernanda Sumika Hojo de Souza
Go to Fernanda Sumika Hojo de Souza
Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Ouro Preto, mestrado e doutorado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais, tendo realizado estágio sanduíche na Universidade de Montreal. Atualmente atua como professora adjunta na Universidade Federal de São João Del Rei.
Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Otimização Combinatória e Redes de Computadores, atuando principalmente nos seguintes temas: Programação Linear Inteira, Metaheurísticas, Projeto de Redes, Redes de Telecomunicações, Redes Complexas e Redes de Sensores Sem Fio.
Geraldo Robson Mateus
Go to Geraldo Robson Mateus
Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestrado e doutorado em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pós-doutorado pela University of Ottawa, Canadá. É professor titular da Universidade Federal de Minas Gerais e consultor da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa.
Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Otimização, Algoritmos e Redes, atuando principalmente nos seguintes temas: Combinatória, Programação Matemática, Telecomunicações, Logística e Transporte, Computação Móvel.
Jonas Laerte Ansoni
Go to Jonas Laerte Ansoni
Possui graduação em Matemática pela Universidade de São Paulo e mestrado e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo. Atualmente é pesquisador na Universidade de São Paulo e administrador do cluster SGI Monalisa/NETeF – USP.
Tem experiência na área de Matemática Aplicada e Computacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Simulação computacional, CFD, Métodos de otimização e Processamento paralelo.
José Alberto Cuminato
Go to José Alberto Cuminato
Possui Licenciatura em Matemática pela UNESP, mestrado em Matemática pela USP, MSc In Numerical Analysis – Oxford University Computing Laboratory e PhD In Numerical Analysis – Oxford University Computing Laboratory. Foi diretor do ICMC-USP no período 2006-2010, presidente da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional por dois mandatos, 2005-2007 e 2007-2009, é professor titular da USP desde o ano 2000, membro correspondente estrangeiro da Royal Society Edinburgh (2012) e membro da Academia Brasileira de Ciências (2014).
Tem experiência nas áreas de Simulação de escoamentos incompressíveis e escoamentos com superfícies livres, métodos de diferenças finitas, métodos numéricos para equações diferencias ordinárias e parciais e equações integrais de Fredholm e de Cauchy.
Jussara de Loiola Araújo
Go to Jussara de Loiola Araújo
Possui Bacharelado e Licenciatura em Matemática pela UFMG, mestrado em Matemática pela UFMG e doutorado em Educação Matemática pela UNESP, Rio Claro. Realizou um estágio de pós-doutorado na Universidade de Lisboa (2009). É professora do Departamento de Matemática e do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFMG. Atualmente, é coordenadora do Grupo de Trabalho (GT) de Modelagem Matemática da Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM), no triênio 2015-2018. Atuou como co-chair do Topic Study Group (TSG) Mathematical applications and modelling in the teaching and learning of mathematics, do International Congress on Mathematical Education (ICME). Foi membro titular do Comitê de Ética em Pesquisa da UFMG no período de agosto de 2013 a agosto de 2016.
Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: educação matemática, modelagem matemática, educação matemática crítica, novas tecnologias e teoria da atividade.
Luiz Gonzaga de Castro Junior
Go to Luiz Gonzaga de Castro Junior
Graduação e mestrado em Administração pela Universidade Federal de Lavras e doutorado em Economia Aplicada pela Universidade de São Paulo. Atualmente, Professor Titular da Universidade Federal de Lavras (UFLA), docente permanente do PPGA/UFLA, orientador de mestrado e doutorado. Coordenador do Centro de Inteligência em Mercados (CIM) da UFLA, especializada em pesquisa, treinamento e prestação de serviços; e pesquisador líder do Bureau de Inteligência Competitiva do Café, programa para criar inteligência competitiva e impulsionar a transformação do Brasil na mais dinâmica e sofisticada nação do agronegócio café no mundo.
Tem experiência nas áreas de inteligência competitiva, comercialização, mercados de derivativos, gestão de custo e empreendedorismo.
Marcelo Ângelo Cirillo
Go to Marcelo Ângelo Cirillo
Graduado em Estatística pela Universidade Estadua Paulista, mestrado e doutorado em estatística e experimentação agropecuária pela Universidade Federal de Lavras. Pós-doutorado em estatística pela Universidade de São Paulo. Atua como Professor Associado II da Universidade Federal de Lavras, lotado no Departamento de Ciências Exatas.
Tem experiência com atividades envolvendo pesquisas e orientações de pós-graduação nas seguintes áreas: Análise Multivariada, Estatística Computacional, Modelos Generalizados e Metodologia de Superfície de Resposta.
Maria Teresa Martins Dias
É professora aposentada, com mais de 50 anos de experiência lecionando no Ensino Básico. É licenciada em Matemática pela Universidade de São Paulo, e atualmente pós graduanda em Neuropedagogia. Trabalhou como assessora pedagógica do Sistema Anglo de Ensino e também como coordenadora pedagógica do renomado colégio paulista Dante Alighieri.
Tem experiência na área de Tecnologias para o Ensino de Matemática e Robótica aplicada ao Ensino de Matemática.
Sandra Mara Cardoso Malta
Go to Sandra Mara Cardoso Malta
Possui graduação em Matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestrado em Matemática pelo Instituto de Matemática-UFRJ e doutorado em Matemática pelo Instituto de Matemática-UFRJ. Professora Adjunto I da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), do Dept.de Matemática e Estatística no período de 06/2004-02/2007 e Pesquisadora Associada do LNCC/MCT, desde 1988, atuando na Pós-Graduação em Modelagem Computacional desde 03/2000. É a 1a. Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC-Biênio 2016-2017).
Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Análise Numérica, atuando principalmente nos seguintes temas: equacoes parcias de conveccao-difusao-reação, métodos de elementos fintos estabilizados, problemas de transporte não-lineares, simulação de reservatório.

Não se esqueça de inscrever no ERMAC ;)

Submissão de Trabalhos

Deverá ser submetido um documento em PDF contendo o nome e afiliação dos autores e um resumo de até 1500 caracteres. Serão aceitos trabalhos nas subáreas da Matemática, Computação e Engenharias.

Temas de Interesse

Os principais temas de interesse do ERMAC 2018 são (mas não estão restritos) a:

  • Solução Numérica de Equações;
  • Programação Matemática;
  • Heurísticas e metaheurísticas;
  • Algoritmo Híbridos;
  • Estatística Computacional
  • Tecnologias no Ensino de Matemática;
  • Aplicações na Indústria e Engenharia.

Submissão

O ERMAC 2018 aceitará a submissão de resumos de até 1500 caracteres. A submissão dos resumos se dará através de um arquivo PDF, contendo o nome e afiliação dos autores. No envio do trabalho, é obrigatório o preenchimento, no formulário da página do evento (logo abaixo), do nome do primeiro autor, e-mail de contato deste e título do trabalho.

Formatos

Padrão de resumo (obrigatório):

Apresentação do Pôster

Todos os resumos aceitos devem ser apresentados na forma de pôster. O primeiro autor fará uma apresentação oral de 5 minutos sobre a sua pesquisa para os avaliadores do ERMAC 2018. Lembre-se que nesta edição do evento, haverá o prêmio de melhor pôster apresentado. O pôster somente deve ser retirado após o término da sessão.

Modelo para o poster:

Caso os autores optem por outro formato de pôster, a organização do ERMAC 2018 pede que as seguintes dimensões sejam obedecidas:
Largura: 85cm
Altura: 100cm

Recomendamos utilizar o template e compilar o poster direto do Overleaf. O template pode ser obtido aqui. Caso queira compilar de outra forma, recomendamos o LuaLaTeX.

Normas para a apresentação oral

Caberá ao Comitê Científico a escolha de resumos que também serão apresentados oralmente em duas sessões do ERMAC 2018.


Data limite para envio de trabalhos: 31/01/2018 prorrogada até o dia 18/02/2018
Notificação de trabalhos aceitos: 28/02/2018

Organização

Contato

Nossa equipe fará de tudo para tentar de ajudar